Arquivos da categoria: Memória

Mexicanos e moradores da Maré somam forças contra a violência de Estado

Por Carolina Vaz e Miriane Peregrino 

 

Em 26 de setembro do ano passado, 80 estudantes mexicanos viajavam de ônibus para coletar fundos para sua escola, a Escola Normal Rural Raúl Isidro Burgos. Isso aconteceu na região de Ayotzinapa, estado de Guerrero, México. No caminho, o ônibus foi atacado a tiros por policiais militares. Mais tarde os mesmos jovens foram baleados por homens sem uniforme, enquanto davam entrevista. Entre mortos, feridos e desaparecidos, até hoje famílias e amigos procuram 43 estudantes dos quais não sabem o paradeiro. Eles denunciam que o Estado mexicano não investiga o caso seriamente, apresentado versões que não condizem, mas seguem cobrando respostas.

 

Familiares dos desaparecidos formam a Caravana 43 Sudamérica, que visita cidades da América do Sul para falar sobre o caso. Na última quarta-feira, 10 de junho, três familiares e um colega dos jovens passaram o dia no conjunto de favelas da Maré. Na parte da manhã, o grupo visitou o Centro de Cultura Popular Ypiranga de Pastinha, importante local de luta e referência da capoeira de Angola, e as casas de famílias vítimas de violência do Estado. Conheceram mães que perderam seus filhos nas mãos de polícia, exército ou milícia.

Caravana 43 Sudamérica caminha pelas favelas da Maré. Foto: Miriane Peregrino

Caravana 43 Sudamérica caminha pelas favelas da Maré. Foto: Miriane Peregrino

Continue lendo

Museu da Maré completa 9 anos de criação e enfrenta ameaça de despejo

Por Miriane da Costa Peregrino

 

Diante da ameaça de despejo, moradores se pronunciam em defesa do Museu da Maré

O Museu da Maré, que completa 9 anos de existência nesta sexta-feira, 8 de maio, enfrenta desde setembro do ano passado uma ameaça de despejo pela empresa proprietária do imóvel onde está instalado desde 2003, quando era conhecido como Casa de Cultura da Maré. Iniciativa ímpar na área de museologia social e preservação da memória das favelas, o museu foi criado em 2006 por um grupo de moradores do conjunto de favelas da Maré como um dos projetos da ONG Centro de Estudos e Ações Solidárias da Maré (CEASM), e ocupa um imóvel cedido pelo Grupo Libra de Navegações que, com a entrada das tropas federais, solicitou a devolução do imóvel.

Intervenção do Coletivo Projetação no Ato em defesa do Museu da Maré em 18 de outubro do ano passado. Foto: Terezinha Lanzellotti.

No dia 18 de outubro do ano passado, equipe, apoiadores e moradores da Maré saíram em ato pela Avenida Brasil em protesto contra o despejo do Museu da Maré. De lá pra cá, a ameaça de despejo continua. O Conselho Municipal de Cultura aprovou o tombamento do acervo do Museu da Maré em setembro do ano passado, mas até hoje o prefeito Eduardo Paes não sancionou o decreto.

Continue lendo

Domingo é dia de cinema – Um dia frio, um bom lugar para ver um filme…

Por Kelly Tiburcio

odeon2

Boa parte dos cariocas já sabem. Domingo é dia de cinema! No último, dia 25 de maio, mesmo com chuva e frio, cerca de 200 pessoas quase lotaram a sala do Cine Estação de Botafogo. O homenageado do dia foi o documentarista Silvio Tendler, com a exibição do filme “Encontro com Milton Santos ou a globalização vista do lado de cá”. O evento foi prestigiado com a intervenção artística da dupla de Mc’s Júnior e Leonardo. Os cantores de funk contaram através das músicas suas histórias pessoais e encantaram a plateia com o retrato da vida nas favelas cariocas.

Encontro com Milton Santos ou o Mundo Global Visto do Lado de CáDepois, teve início o surpreendente documentário, que mostra o geógrafo, pensador e intelectual Milton Santos de maneira pouco convencional. Ele aparece sem os famosos ternos, com roupas mais descontraídas, revelando seus pensamentos políticos e sua intimidade como nunca. No filme, ele apresenta uma visão crítica da globalização. Mostra esse processo tal como é, como as propagandas o divulgam e sustenta a tese de uma outra globalização, que respeite as culturas e os povos. Continue lendo