Vídeos denunciam violações de direito no Rio justificadas pelos megaeventos

Desde que foi anunciado que o Rio seria sede da Copa de 2014 e das Olimpíadas de 2016, uma série de comunidades vem sendo ameaçadas de remoção. Relatos de violações de direitos passaram a ser ouvidos em 2009. Histórias de tratores da Prefeitura chegando sem aviso para demolir comunidades inteiras, de famílias sendo ameaçadas para deixar suas casas, de vidas destruídas.

A partir desses tristes relatos, uma equipe investigativa passou 18 meses mergulhada nas redes sociais para mapear, verificar, contextualizar e sistematizar as denúncias feitas em vídeos sobre remoções forçadas no Rio de Janeiro rumo à Copa e Olimpíadas. O retrato que surgiu é bastante desanimador. Foram encontrados 114 vídeos, feitos pelas mais variadas fontes, comprovando gravíssimas violações de direitos em 21 comunidades cariocas, do direito à informação passando pelo direito ao devido processo legal e ainda por denúncias de violência, ameaças e intimidação por parte do poder público. A lista dos vídeos pode ser conferida na página 14 do relatório – que pode ser acessado aqui.

O vídeo abaixo destaca trechos de alguns dos depoimentos que mais impactaram os envolvidos no projeto: 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *